Catamarã Turismo

Mogi das Cruzes – Mogilar – Itaipu

(11) 4699-1034 | (11) 99246-7030

mogilar@catamaratur.com.br

Blog

Se o seu destino é… Porto de Galinhas

postado em 13 de janeiro de 2014

Porto de Galinhas já é um destino clássico quando se trata de paraísos praianos no Brasil. O distrito pertence ao município de Ipojuca, em Pernambuco, e tem a facilidade de estar a apenas 60 km do Aeroporto Internacional do Recife.

porto-de-galinhas
Vista superior – Foto de Alisson Douglas – Flickr, via Wikimedia Commons

Esse destino incrível é emoldurado por piscinas naturais com águas mornas, agradáveis em todo o ano, transparentes e repletas de peixes coloridos e jangadas deslizando de um lado para o outro na maré baixa.

As praias de areias branquinhas e mares cristalinos estão longe de ser as únicas atrações do local: turismo de aventura, passeios ecológicos, ótimas lojinhas de artesanato, povo acolhedor, culinária arretada (típica do estado) e muitas outras coisas entram na lista de passeios para quem vai visitar o balneário no litoral sul de Pernambuco.

Repleto de maravilhas naturais e berço de um rico ecossistema marinho, Porto de Galinhas exibe uma vasta fauna e flora entre os coqueirais e a densa vegetação do mangue, proporcionando um cenário maravilhoso, com atrativos para todas as idades e bolsos.

História de Porto de Galinhas

A história de Porto de Galinhas não se dá pelas galinhas coloridas que vemos hoje na Vila. Em 1850, era proibido o comércio de escravos no Brasil e, para burlar a lei, os navios atracavam na praia com os porões cheios de escravos cobertos com engradados de galinhas D’Angola.

A senha secreta da tripulação para os traficantes era “tem galinha nova no porto”, que significava que uma nova remessa de escravos havia chegado. E daí surgiu o nome Porto de Galinhas.

Melhor época para ir a Porto de Galinhas

O calor típico do Nordeste brasileiro está presente o ano todo em Porto de Galinhas e por isso o lugar nunca fica completamente vazio. O clima, entretanto, sofre variações com o passar das estações e fica chuvoso no inverno.

A média anual de temperatura dessa região está na casa dos 28ºC, o que garante que a água do mar esteja morna durante todo o ano, sempre agradável para um mergulho.

O verão é o período mais seco, com temperaturas que passam facilmente dos 30ºC. No inverno, chuvoso, a temperatura não cai de forma brusca e fica em torno dos 24ºC.

Do ponto de vista climático, é bom evitar os meses entre abril e agosto, por causa das chuvas. Porém, é importante lembrar que o tempo é inconstante e, mesmo durante uma viagem nesse período, bons dias de sol podem acontecer.

O que fazer em Porto de Galinhas

Se as praias são o principal atrativo de Porto de Galinhas, os passeios são um artifício para conhecê-las mais a fundo. Passeios e praias caminham de mãos dadas e são partes fundamentais de uma viagem por essa região.

As águas mornas e cristalinas recheadas de piscinas naturais formadas pela baixa da maré são o destaque do local, que está no topo da lista dos destinos turísticos mais procurados do Brasil.

Não deixe de caminhar a pé pela vila, curtir um mergulho entre os peixinhos, fazer canoagem no manguezal e realizar o passeio de jangada que parte da Praia de Porto de Galinhas (Parte da Vila) e leva até as lindas piscinas naturais.

Inclua também no roteiro um passeio de buggy pelo litoral, o chamado “ponta a ponta”, que faz paradas nas principais praias da região e permite um mergulho em Muro Alto e um passeio pelo Pontal de Maracaípe, onde é possível admirar os cavalos-marinhos.

Além disso, outras opções de passeio são: alimentação de peixes em seu habitat natural; visitas aos projetos ambientais, pontos históricos, engenhos de cana-de-açúcar e árvores centenárias; prática de esportes náuticos e radicais; mergulho em naufrágio; e ecoturismo.

Porto de Galinhas é conhecido pela beleza natural, mas a presença humana tem seu espaço por ali. Uma viagem ao vilarejo é ideal para comprar artesanato pernambucano, conhecer mais a fundo a cultura do estado e, claro, apreciar sua gastronomia. Quem quiser estender a noite encontra, ainda, lugares para dançar ou simplesmente embalar-se ao som de uma boa música ao vivo.

Praias de Porto de Galinhas

As praias de Porto de Galinhas estão entre as mais bonitas do Brasil e oferecem tudo aquilo que se vê nas fotos e mais um pouco. A região é conhecida pelas águas cristalinas e mornas, e por ser cheia de piscinas naturais formadas por arrecifes e coqueiros na orla, com a vantagem de ser atrativa para pessoas de diferentes idades e gostos.

Porto de Galinhas é o nome do distrito e de sua praia principal, também chamada de Praia da Vila. Essa é a praia mais movimentada da região, reconhecida como uma das melhores e mais bonitas do Brasil, além de ser ponto de partida das jangadas que vão até as piscinas naturais.

Mesmo para quem se hospeda nas praias mais distantes, fazer uma visita às piscinas naturais é imprescindível. Elas são lindas e estão a poucos minutos da areia.

Além da Praia da Vila, outras como Muro Alto, Cupe e Macaraípe também são encantadoras e bastante procuradas pelos turistas.
Muro Alto é fantástica para crianças ou para quem gosta de um mar calminho. A praia está protegida por um longo arrecife e a impressão que se tem na maré baixa é de que a praia mais parece uma lagoa.

O trecho que liga a Praia da Vila até a Praia de Muro Alto é chamado de Praia do Cupe, que tem fama de traiçoeira e se destaca pelas ondas fortes, porém tem também seu lado sossegado: basta ir até o Pontal do Cupe que, por estar protegido por um arrecife, forma piscinas naturais.

Para aqueles que desejam surfar, a praia extensa de Macaraípe é o lugar certo. Caso esteja procurando tranquilidade, o Pontal do Macaraípe, com acesso mais restrito e marcado pelo encontro do mar e do rio, é perfeito.

Cada uma das praias de Porto de Galinhas têm características diferentes e belezas distintas. Enquanto a Praia da Vila tem piscinas naturais com peixes, é cheia de estrutura e tem seu espaço na areia disputadíssimo, Muro Alto é quase uma piscina gigante, não tem tanta estrutura e é bem mais calma.

Cavalo-marinho

O final da tarde é bastante disputado no Pontal de Maracaípe, já que é por volta desse horário que saem as jangadas em direção ao manguezal. A finalidade é apenas uma: ver um cavalo-marinho.

É que, ao longo do percurso, o jangadeiro captura um desses peixes para que as pessoas possam vê-lo de perto. Ao final do passeio, ele devolve o cavalo-marinho ao mar.

O Projeto Hippocampus, que tem por finalidade a preservação e conservação do cavalo-marinho, pode ser um passeio enriquecedor para quem se interessa pelo assunto.

Na sede do projeto, localizada no centro da vila, tem-se a oportunidade de conhecer diferentes aspectos acerca desse peixe que habita toda a costa brasileira.

Onde ficar em Porto de Galinhas

Quando o assunto é hospedagem, podemos dizer que, de certa forma, há dois “Portos de Galinhas”. Parece um pouco estranho definir dessa maneira, mas, na realidade, a visão do distrito de Porto e as atividades diárias dos visitantes são influenciadas pela opção de hospedagem escolhida.

Há o Porto de Galinhas dos resorts mega estruturados e o Porto de Galinhas das pousadas, por assim dizer. Quem opta por um resort, muitas vezes se restringe a ele durante a viagem, utilizando a sua praia e estrutura, fazendo suas refeições no local e não participando tão ativamente das atividades da vila.

Quem prefere ficar em pousadas, não tem toda aquela estrutura grandiosa na beira da praia, mas ao mesmo tempo fica mais próximo do comércio e circula com frequência pela vila, por suas lojinhas e restaurantes.

A dinâmica é diferente porque os principais resorts de Porto de Galinhas ficam afastados do centrinho, na região da praia de Muro Alto, e por isso são indicados para quem prefere sossego.

Porém, independentemente da sua preferência e escolha, ao longo dos 18 km de praia, há ótimas opções de pousadas, hotéis e resorts para todos os gostos e bolsos.

Onde comer em Porto de Galinhas

Os encantos de Porto de Galinhas vão além de suas belezas naturais. A culinária desse destino fantástico também surpreende. São temperos e aromas regionais que se aliam a mais alta gastronomia nos diversos restaurantes e garantem comidas deliciosas.
A mistura de sabores e a variedade de pratos são os principais motivos da cozinha local agradar tanta gente. Nos cardápios, não faltam pratos típicos da cozinha sertaneja, além de peixes e frutos do mar, que têm a vantagem de estarem fresquinhos. Porto de Galinhas dá espaço para diferentes gostos, oferece pratos refinados e simples, caros e baratos.

Logo no café da manhã é possível perceber as peculiaridades gastronômicas dessa parte do país. Em vários hotéis e pousadas, a oferta vai muito além do habitual pãozinho com frios e frutas, incluindo pratos mais fortes, como carne seca, macaxeira (mandioca), queijo coalho e tapioca.

No almoço e no jantar, são diversas as opções de bons restaurantes. Se quiser comer na beirinha da praia, não deixe de visitar o Peixe da Telha, com um cardápio enorme e cheio de alternativas.

Outro local bacana, famoso por servir macaxeiras recheadas, é o BarCaxeira. Para deixar um pouco de lado o clima casual, vá ao Domingo’s e curta o excelente atendimento, com direito a piano ao vivo.

O clima descontraído de Porto de Galinhas favorece aqueles que não gostam de horário definido para comer. Muitos restaurantes não fazem pausa durante a tarde e permanecem abertos do almoço até o jantar.

Além disso, alguns bares e restaurantes costumam oferecer música ao vivo e estender a noite até o início da madrugada.

Ficou com vontade de conhecer todas as maravilhas de Porto de Galinhas? Comece a planejar sua viagem! Conte com a Catamarã Turismo para encontrar os melhores pacotes, preços e passeios. Entre em contato que a gente planeja tudo pra você!

Telefone: (11) 4699-1034
WhatsApp: (11) 99246-7030
mogilar@catamaratur.com.br
Rua José Meloni, 351, loja 12, dentro do estacionamento da Itaipu, o Shopping da Construção, Mogilar – Mogi das Cruzes

× WhatsApp