Catamarã Turismo

Mogi das Cruzes – Mogilar – Itaipu

(11) 4699-1034 | (11) 99246-7030

mogilar@catamaratur.com.br

Blog

Trilha Sonora: O Rio de Janeiro da Bossa Nova

postado em 13 de agosto de 2014

Considerado por muitos como o estilo musical brasileiro mais importante, a Bossa Nova é de fato uma música lindíssima e criada por grandes nomes. E acima de tudo isso, é uma música carioca em sua mais pura essência. É da cidade maravilhosa que vieram Tom Jobim, João Gilberto (baiano radicado no Rio de Janeiro) e Vinícius de Moraes. Foram eles que no final dos anos 50 fizeram o Brasil ficar um pouco mais conhecido no exterior. Aqui vamos apresentar alguns pontos que nos transportam para um Rio de Janeiro de hoje. Acompanhem:

Garota de Ipanema

Ipanema

Talvez o bairro mais carioca de todos, Ipanema serviu como inspiração para Tom e Vinícius em sua canção mais emblemática. Garota de Ipanema foi composta nos bares do bairro, entre uma cerveja e outra, e como uma homenagem à mulher brasileira. O resultado? Umas das músicas mais regravadas na história da humanidade.

Só de olhar para Ipanema já lembramos da música: “Olha que coisa mais linda, mais cheia de graça...” Foto via Wikimedia Commons.

Só de olhar para Ipanema já lembramos da música: “Olha que coisa mais linda, mais cheia de graça…” Foto via Wikimedia Commons.

Bim Bom

Toca do Vinícius

Também em Ipanema, a Toca do Vinícius é um dos redutos dos amantes da Bossa Nova. Quem visita a cidade maravilhosa, e passa pelo bairro, sempre arruma um tempinho para ir até esta loja de discos, museu, sala para palestras e exibição de vídeos, eventos musicais e muito mais.  Uma bela homenagem ao poetinha.

Passeando pelas calçadas de Ipanema, um local pequeno em tamanho, mas de enorme valor cultural para a cidade e também para a música brasileira. Foto via Rio Film Commision.

Passeando pelas calçadas de Ipanema, um local pequeno em tamanho, mas de enorme valor cultural para a cidade e também para a música brasileira. Foto via Rio Film Commision.

WhatsApp